23 de janeiro de 2017

Livro O par perfeito – Nora Roberts

Sinopse
Mesmo sendo conhecido como o mais durão dos irmãos, Ryder Montgomery deixa as mulheres aos seus pés quando coloca seu cinto de ferramentas. Nenhuma delas é imune a seu jeito sexy quando está no trabalho. Sem contar, é claro, Hope Beaumont, a gerente da Pousada BoonsBoro.
Ex-funcionária de um luxuoso hotel em Washington, Hope está acostumada à agitação e ao glamour, porém isso não significa que ela não aprecie os prazeres da cidade pequena. Sua vida está exatamente como ela deseja – exceto pela questão amorosa. Sua única interação com alguém do sexo oposto são as frequentes discussões com Ryder, que sempre lhe dá nos nervos. Ainda assim, qualquer um vê que há uma química inegável entre os dois.
Enquanto o dia a dia na pousada transcorre sem problemas graças aos instintos infalíveis de Hope, algumas pessoas de seu passado estão prestes a lhe fazer uma indesejável – e humilhante – visita. Mas, em vez de se afastar ao descobrir que Hope tem seus defeitos, Ryder só fica mais interessado por ela. Será que pessoas tão diferentes podem formar um par perfeito?
No livro que encerra a trilogia A Pousada, Nora Roberts apresenta Ryder Montgomery, que, ao tentar driblar o amor refugiando-se no trabalho, acabou sendo surpreendido pelo sentimento mais nobre e profundo que já teve.

Chegou ao fim mais uma trilogia da Nora Roberts. Mais uma série leve para não deixar ninguém estressado, romântica, para quem acredita no amor.

Os três livros não têm grandes reviravoltas, são mais o dia a dia de seis amigos em uma cidade pequena com dilemas diários e uma pequena dose de mistério, mais para dar um charme e ser um fio condutor que liga as histórias do que algo tão grande que roube a cena.

O último livro da série A Pousada, O par perfeito, tem encerramento de algumas pontas soltas dos outros casais e vemos um pouco mais sobre Hope, a gerente da pousada BoonsBoro (onde acontece grande parte da história), e Ryder, da família dona do empreendimento.

A relação entre os dois sempre foi de animosidade, um achando o outro arrogante e cabeça-dura. Mas situações inesperadas acontecem e eles vão se aproximando e se conhecendo melhor.

O desenrolar é previsível, mas isso não significa ser ruim para quem gosta do desse estilo de livro. Os personagens são amigos, leais, trabalhadores, prestativos... Dá vontade de ser amiga deles e isso faz com que a trilogia deixe um gostinho de quero mais. Não só para acompanhar romances, mas acompanhar o dia a dia mesmo, a dinâmica da cidade e seus personagens.

Já falei aqui dos outros dos livros da série que também recebemos da editora Arqueiro: Um novo amanhã e O último namorado.

Título
O par perfeito
Título original
The perfect Hope
Autora
Nora Roberts
Editora
Arqueiro
Páginas
320
Série
3º livro da série A pousada

Postado por Rafaela

21 de janeiro de 2017

Testadora convidada: – Série A garota do calendário – Audrey Carlan

Há quanto tempo não temos a participação de um testador convidado, não? Mas a Mia Fernandes está aqui para acabar com esse hiato. Ela leu a série A Garota do Calendário (sim, 12 livros!) da autora Audrey Carlan.

Vamos o que ela nos conta?

Por que você deve confiar na jornada proposta pela série A Garota do Calendário?


De início ela aparenta que vai ser uma série somente focada no sexo, já que a protagonista aceita o trabalho de ser acompanhante de luxo durante cada mês do ano, de homens poderosos. Eu realmente caí nesta armadilha durante os dois primeiros meses, Janeiro e Fevereiro. No entanto, no decorrer dos meses, a Mia Saunders, a acompanhante, mostrou que ela pode exercer outros papéis na vida dos seus clientes. Ela começou a mostrar que não era somente na cama que ela tinha boa ideias. 



“Era o momento de provar que eu poderia fazer algo diferente de ser modelo, fingindo ser alguém que não sou ou apenas a mulher de alguém. Não que eu me importasse com isso. Ser a mulher de Wes era tudo, mas era pessoal, particular, entre nós. Esse trabalho, essa oportunidade era só minha. Era o momento de Mia Saunders mandar ver e fazer o seu nome. Nós só temos uma chance de fazer algo tão grande, e eu não deixaria a oportunidade passar de jeito nenhum.” (outubro)

A autora conseguiu quebrar aos poucos a ideia intrínseca da palavra acompanhante junto com prostituição. Mia Saunders aceitou este acordo de ser acompanhante de luxo para pagar uma dívida familiar. Mas isto não queria dizer que alguém mandaria nela ou no seu corpo. Sexo só seria feito se ela estivesse a fim. A personagem teve um crescimento pessoal e profissional bem desenvolvido, mesmo que os livros fossem curtos. A Mia de Janeiro é completamente diferente da Mia de Dezembro, na qual encontrou o caminho da sua vida profissional e pessoal. 

Durante 12 meses, ela evoluiu como pessoa, ajudou os seus clientes. Desenvolveu campanhas publicitárias e se envolveu em causas públicas. E acima de tudo, encontrou uma família e amigos verdadeiros. Amigos que, em situação diferente, nunca teria feito.

“Eu gostaria de desafiar todos vocês que estão assistindo ao programa a agradecer alguém que signifique muito para vocês. Espalhem a alegria e o amor que recebemos diariamente, muitas vezes sem perceber, e os retribuam. Mais que isso... sejam gratos pelo que vocês tem e se alegrem com isso” (novembro) 

A grande fala que me marcou nesta serie foi: Confie na jornada. Em cada momento de vulnerabilidade e dramas, Mia pensava que tudo acontecia por uma razão, que bastava confiar e seguir o seu caminho.

Não estou aqui para dizer que o livro mudou a minha vida. É uma leitura para dias de final de semana, para desanuviar a cabeça ou dar uma parada em livros com temas mais complexos. Poderia todos os meses ter sido lançado num mesmo livro? Sim, poderia. Mas, para se envolver com o progresso da Mia, tinha que ser em passos de bebê. E no final perceber que tudo teve um motivo para acontecer.

“Nós éramos mais fortes pelo que havíamos enfrentado. Isso nos fazia valorizar ainda mais o que tínhamos. Momentos como aquele eram novas e belas lembranças que eu levaria comigo até o último dia da minha vida.” (dezembro)

Testou algum serviço ou produto e quer dividir com a gente? É só mandar texto e foto para testeirpavoce@gmail.com

Postado por Rafaela

8 de dezembro de 2016

Livro Três coisas sobre você – Julie Buxbaum

Sinopse
Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante...

Confesso que demorei para ler, até abandonei por um tempo, Três coisas sobre você, livro que recebemos há tempos da Editora Arqueiro.

Não estava no clima, achava aquele papo de adolescente deslocada e problemática que não está nem aí, mas no fundo quer ser vista, quer ter amigos meio mais do mesmo. Então, demorei demais para engrenar.

Enfim, em Três coisas sobre você, Julie Buxbaum faz um diferencial. A pessoa que “acolhe” Jessie (a protagonista) na nova escola onde só estudam ricos e esnobes só se mostra por e-mail. Sem nome, sem rosto, só com traços de sua personalidade, Alguém Ninguém (AN) consegue ajuda-la na adaptação na escola, nas mudanças de sua vida. Vira um apoio muito importante.

O que Jessie não esperava (ou nem sabia a princípio) é que ela também seria um apoio para AN. Em lugar em que a perfeição é o mínimo que se espera – seja na aparência, seja com dinheiro, seja com a felicidade –, conhecer alguém com medos, preocupações, defeitos, ou seja, imperfeitos é acolhedor, é se manter na realidade. 

A autora também soube construir o relacionamento de amizade entre os personagens pouco a pouco, de forma crescente.

Mesmo com essa dificuldade para engrenar no livro, gostei bastante de Três coisas sobre você.

Título
Três coisas sobre você
Autora
Julie Buxbaum
Título original
Tell me three things
Editora
Arqueiro
Páginas
288

Postado por Rafaela

6 de dezembro de 2016

Livro À sua espera – Abbi Glines

Sinopse
Mase sempre preferiu a vida simples em seu rancho no Texas à agitação do mundo do pai em Rosemary Beach. Na verdade, ele quase nunca visita o famoso astro do rock e Nan, sua meia-irmã mimada e egoísta. Mas tudo muda quando conhece uma das empregadas da casa, uma garota linda que, sem saber da presença dele, o desperta com seu canto desafinado.
Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para as famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente na casa de Nan Dillon.
Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, Reese fica surpresa pelo gesto dele e, depois, apavorada quando ele demonstra interesse nela. Nunca na vida Reese conheceu um homem em quem pudesse confiar. Será que Mase pode ser diferente?
Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e o centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fada e nos faz suspirar até a última página.

Eu nunca tinha lido nada da Abbi Glines, nada me chamava atenção, nada me prendia, sempre tinha algo que eu achava mais interessante ler primeiro. Até que resolvi dar uma chance e recebi pela editora Arqueiro À sua espera que, como todos que fazem parte da série Rosemary Beach, possui casal protagonista e história independentes.

O livro é pequeno e rápido de ler. Mas a história... Fica num mais do mesmo. Quem já está habituada a esse tipo de texto vai pegar o início, o meio e o fim da história num instante.

Mocinho forte, galanteador, sexy, que nunca se apaixonou, mocinha simples e problemática. Ambos precisam de um grande amor para curar suas feridas e, ó, eles se encontram num momento bem atípico que mostra as características de cada um.

O livro é ruim? Não. Mas é bem mais do mesmo. Quem adora esse estilo e não se importa de ler algo repetido vai adorar.

Título
À sua espera
Autora
Abbi Glines
Título original
When I´m gone
Editora
Arqueiro
Páginas
240
Série
Rosemary Beach

Postado por Rafaela

30 de novembro de 2016

Livro Eu sem você – Kelly Rimmer

Sinopse 
Eu sem você é um livro que nos faz sorrir, chorar e lembrar de ficar bem perto de quem amamos.
Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco.
Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah.
Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la.
Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer.
Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida.
Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.

Pela sinopse já conseguimos ter uma ideia de como vai ser Eu sem você, de Kelly Kimmer, que recebemos da editora Arqueiro. Parece toda uma grande tragédia ou uma grande choradeira, mas na verdade o livro conta sobre um relacionamento comum, com insegurança dos dois lados, com a resistência de se entregar dos dois lados...

A narrativa é dividida pelos protagonistas: como se fossem um diário, eles se intercalam, mas não necessariamente no mesmo dia ou em dias seguidos. Há voltas no tempo para entendermos a história. 

Há certos momentos que a história fica um pouco monótona, parece que não avança, fica rodando num vai-não-vai. Mas, no geral, Eu sem você mostra a realidade: as idas e vindas, os percalços do caminho, testa seu amor, seu companheirismo....

Título
Eu sem você
Título original
Me without you
Autora
Kelly Rimmer
Editora
Arqueiro
Páginas
304

Postado por Rafaela


16 de novembro de 2016

Livro Depois daquela montanha – Charles Martin

Sinopse
O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Imagine sobreviver a um acidente de avião. Agora imagine ser sobrevivente em montanha coberta de gelo e seriamente ferido. Era assim que estavam Ben e Ashley, dois estranhos que dividiram carona num avião particular pilotado por um homem que sofreu um ataque cardíaco, mas que conseguiu pousar a aeronave em segurança. 

Em Depois daquela montanha, de Charles Martin, que recebemos da editora Arqueiro, Ashley e Ben têm a missão de suas vidas. Precisam sobreviver, precisam se descobrir, precisam se apoiar um no outro para tentar sair da montanha.

O livro é narrado por Ben, um médico ortopedista, que repensa seu relacionamento enquanto ajuda Ashley – seriamente machucada – e tenta desesperadamente tirar os dois da montanha.

Pelos capítulos, além da interação entre os dois, que é o melhor do livro para mim, a parte prática também é bem interessante. A parte prática que eu digo é procurar por comida, escavar no gelo, procurar por ajuda, enfim, as questões de sobrevivência em si. A angústia dos dois em saber se conseguirão sair de lá vivos acompanha o leitor. Principalmente, a angústia de Bem, por ele ser o narrador e por dar a perspectiva mais real.

Os momentos de maior queda no ritmo, para mim, são as lembranças de Bem sobre seu relacionamento, pois cortam um pouco a narrativa, inclusive em nos ápices do capítulo.

Mas, no geral, gostei bastante de Depois daquela montanha, pois penso em o que faria se tivesse no lugar deles, os momentos de desespero, desânimo e também de esperança. Apesar de tudo, é um texto relativamente leve, que aposta num dramalhão e nem numa angústia tão insuportável. Acredito que o autor até poderia pesar mais um pouco a mão na área do suspense, mas acho que o mote do livro não é esse. É mais fazer pensar em suas decisões para se descobrir o que é mais importante em sua vida.

Título
Depois daquela montanha
Título original
The mountain between us
Autor
Charles Martin
Editora
Arqueiro
Páginas
304

O livro está sendo adaptado para o cinema com previsão de lançamento para 2017 com Kate Winslet (de Titanic) e Idris Elba (de Mandela) nos papéis principais.


Postado por Rafaela

17 de outubro de 2016

Lanche Fácil – Massaleve



Quando eu compro esses lanches prontos, principalmente hambúrguer, eu não tenho grandes expectativas. Por mais que a propaganda diga que é fresquinho, que é feito sem fritura etc., é sabido que são necessários processos químicos para conservar etc. e tal. 

Ainda congelado
Então, sabendo disso tudo, encontrei esse Lanche Fácil, da Massaleve. Comprei no sabor Picanha com cheddar.

Na embalagem, diz que é grelhado, “a fogo como churrasco”. O sanduíche é próprio para micro-ondas. É só retirar a da embalagem, colocá-lo na própria bandeja em que vem no aparelho entre 1 minuto e 1 minuto e 20 segundos na potência alta. Coloquei 1’20” e o queijo ficou um pouco gelado. Acho que mais uns 20 segundos ficaria no ponto. Mas, no geral, o pão e o hambúrguer descongelaram e ficaram quentinhos. O queijo derreteu quase nada – uma fatia bem pequena, diga-se.

Dentro de sua bandeja e já pronto.
E o sabor? Bom, nem se compara, obviamente, com um sanduíche preparado na hora, com carne “de verdade”, menos processada. Acho que faltou um pouco de sabor. Nem estou falando de sal, falo de tempero mesmo para dar vitalizada num produto congelado.

Enfim, não é algo que compraria com frequência, seria mais para um momento muito de emergência, por exemplo: um domingo à noite, sem nada para comer, a preguiça consumindo, abrir o freezer e lembrar que tem esse lanche guardado. Seria por aí...

Uma unidade tem 358 kcal e 1130 mg de sódio! Paguei R$ 2,50.

Postado por Rafaela