22 de março de 2010

O (não) atendimento no Canecão

Você já foi atendido por telefone no Canecão? Pois é, nem eu! Na última quinta-feira, 18, por volta de 19h30 liguei 6 vezes para o 2105-2000 (telefone que eles informam no site), gastei mais de 20 minutos e não consegui uma informação simples: tinha ou não tinha ingresso para o show da Paula Lima, que aconteceria dali a 3 horas? Simplesmente ninguém atendia ao telefone (apesar de a secretária eletrônica informar que o atendimento era até 21h20!) e a mensagem eletrônica não informava nada além do preço dos shows. Pensei, pensei e conclui: deve ser alguma estratégia em parceria com os cambistas, pois se você não sabe de antemão se há ou não ingresso, quando chegar na porta, para não perder a viagem, compra na mão de qualquer um pelo dobro do preço. Valeu, Canecão, já entendi o recado.

2 comentários:

  1. Não sei se eu tive sorte, mas qnd precisei ligar, fui atendida logo e tive a resposta pro que eu precisava. Mas em geral, esses atendimentos de Casa de Show deixam a desejar realmente.

    ResponderExcluir
  2. Concordo e nem é de hoje. Em 2005, eu lembro porque é coisa de fã, aconteceu isso comigo quando fui ver o lançamento do segundo cd da Pitty. A gente pensa que é armação, porque realmente não temos opções pra pensar.

    ResponderExcluir