9 de agosto de 2011

Queremos Miles


Miles Davis
Inaugurada no último dia 2 de agosto, a exposição Queremos Miles (uma referência ao álbum We Want Miles, de 1982), em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (RJ) é programa imperdível até mesmo para quem não é fã do trompetista, pois a história do homem que foi casado com a atriz Bette Davis, conheceu Pablo Picasso e Jean Paul Sartre, foi usuário de heroína, acusado de ser cafetão e um dos grandes nomes do jazz e blues, é sedutora.


No CCBB estão expostos 300 itens entre fotografias ÓTIMAS (repare o visual de Miles no funeral de Jimi Hendrix!), vídeos, gravações de áudios MARAVILHOSOS e pinturas (do próprio Davis e até de Basquiat), além de roupas, capas de álbuns, instrumentos, documentos, como cartas, recibos de pagamentos e partituras do artista. O melhor é que a cada fase da vida do músico, é possível ouvir as músicas mais significativas. O máximo!

A exposição, que já passou pela França e pelo Canadá (fotos aqui), e está pela primeira vez no Brasil, é apresentada em sequência cronológica, permitindo ao visitante acompanhar a evolução e, em alguns momentos a decadência do artista, que compôs preciosidades como So What, Love for Sale e Tutu. 



Queremos Miles - CCBB
De 2 de agosto a 28 de setembro
Horário: Terça a domingo, das 9h às 21h
Local:  Rua Primeiro de Março, 66 - Centro (RJ)
Ingressos: Entrada Franca


Postado por Mariana

2 comentários:

  1. Parece ser muito interessante. Adora ver a evolução de um artista pelas fotos e seu estilo musical.

    ResponderExcluir