8 de fevereiro de 2012

Waffer Amargo – Katz Chocolates

Antes de começar o post: o pote não é vazio assim e não ficam grudados uns nos outros. Comi quase todos alguns e, no calor do Rio de Janeiro, a cobertura derreteu antes de eu conseguir tirar as fotos. O pote é cheinho. 

Tudo que como, leio, compro e assisto, eu penso se dá pra postar aqui. Quando vejo novidade, então! Com a desculpa do compromisso bloguístico, resolvi conhecer a Katz Chocolates no Norte Shopping (no Rio). É uma loja, com fábrica em Petrópolis, de chocolates, bolos, biscoitos (doces e salgados) e outras guloseimas, além de espaço com mesinhas para tomar um café ou um chocolate. 

Resolvi testar o waffer coberto com chocolate amargo (tem ao leite também). Paguei R$ 9,80 por 120 gramas.


A gente lembra logo do Bis e similares, mas esse waffer é biscoito mesmo, além de ser mais generoso, fresquinho e crocante. A cobertura cobre mesmo todo o biscoito e é uma delícia. Não tem gosto de gordura nem é amarga ao extremo. 

O pote, de plástico, é simples, mas bonitinho. Serve para colocar umas jujubas coloridas depois. #gordice O gatinho símbolo da loja é fofinho. Tinham lá também umas pastilhas crocantes ou de menta com cobertura ao leite ou amargo que me tentaram. Mas resisti e só trouxe um produtinho para casa, pois já tinha comprado chocolate em outra loja. haha

Lembrando que o pote NÃO é vazio assim!
O preço não é lá muito amigo para viciados em chocolate que comem tudo o que envolve o doce, mas para comprar de vez em quando é uma boa opção. Gostei bastante e compraria novamente (depois de comer as pastilhas, claro. Rs) 

Além do Norte Shopping, loja nova com vendedoras simpáticas, há outras unidades aqui pelo Rio. Para ver mais, entre no site da loja por aqui

Testado por Rafaela

4 comentários:

  1. Amei o potinho. E até achei o preço razoável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, o preço não é absurdo por ser diferente. Mas não dá pra ser o chocolate do dia a dia. hehehe

      Excluir
  2. Experimentei e adorei. O preço não é tão barato, mas vale pela qualidade. Até porque, degustar o que é bom, não tem preço.kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Denize! O que é bom é mais caro e a gente tem de aproveitar. rs

      Excluir