19 de agosto de 2012

Exposição Viva Elis (CCBB Rio de Janeiro)

Está em cartaz no CCBB Rio de Janeiro a exposição Viva Elis, evento que faz parte da série de atividades que marcam os 30 anos de morte da cantora Elis Regina. A iniciativa é de João Marcelo Bôscoli, filho mais velho de Elis, patrocinada pela Nivea. 

Elis tinha um estilo de cantar inconfundível, forte, com personalidade. Morreu aos 36 anos de overdose de drogas. Apesar de ser uma exposição grande, com mais de 200 fotos, 20 horas de entrevistas e depoimentos (achei essa a melhor parte), reprodução de documentos e peças do figurino (poucas), eu fiquei na dúvida se a exposição dá conta de "explicar" aos mais jovens quem foi Elis Regina. 

De qualquer forma, para fãs e não fãs de Elis, vale a visita. Ou para matar a saudade ou para entender um pouco mais as razões que levaram Elis a ser considerada, até hoje, uma das maiores cantoras brasileiras. 

VIVA ELIS

De 9 de agosto a 30 de setembro de 2012
Terça a domingo, das 9h às 21h
Rua Primeiro de Março, 66 - Centro - Telefone: (21) 3808-2020
Entrada franca

4 comentários:

  1. Poxa, uma exposição grande assim e ainda não conseguiu explicar quem foi Elis Regina? Será que faltou um filtro melhor?

    Tenho percebido que as últimas exposições no CCBB têm sido bem extensas, algumas até um pouco cansativa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre espero que as exposições tragam uma novidade, uma raridade, algum "lado B" do artista. Não vi isso nessa da Elis. Não sei se foi isso que me incomodou tb...

      Excluir
  2. Ela foi e ainda é considerada uma das melhores cantoras do Brasil, porque cantava muito qualquer tipo de música. Eu sou dessa época. Que bom. Quanto à exposição, se puder, irei ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denize, vai sim. É gratuita e você ainda pode aproveitar para ver outras exposições no CCBB.

      Excluir