17 de abril de 2013

Livro Garotas de Vidro – Laurie Halse Anderson

O tema anorexia e bulimia se faz muito presente nos dias atuais. Meninas, principalmente, que ultrapassam os limites de peso saudável para sua estrutura por não estar bem consigo mesma, além de pressões externas e de acontecimentos que afetam e muito o seu psicológico. 

Com esse mote, e a pedidos de muitas leitoras, Laurie Halse Anderson escreveu Garotas de Vidro. Lia e Cassie são duas adolescentes amigas de infância que estudam e moram em um bairro de classe média alta nos EUA. Em certa manhã, Cassie é encontrada morta. Mesmo afastadas, no celular de Lia são 33 ligações da amiga não atendidas. Lia entra em parafuso e começa a ter visões de sua amiga morta a assombrando. Sem conseguir raciocinar claramente sobre seu peso e sua saúde, Lia continuar a comer só o mínimo do mínimo, o que está muito abaixo do que considerado saudável. Pais, irmã, madrasta, cada um de sua maneira, tentam ajudá-la. Mas é ela quem precisa enfrentar seus medos para dar um basta. 

O livro é narrado basicamente em primeira pessoa. A autora diz que teve assessoria de psicólogos, médicos e psiquiatras para conseguir montar o perfil de Lia. Não sei se ela chegou muito próximo da realidade ou não. Mas se chegou, a realidade é impressionante. A contagem de calorias, a pesagem diária, a autoestima superbaixa, o autoflagelo, tudo isso só mostra como anorexia e bulimia são mais do que distúrbios alimentares, são doenças sérias que precisam ser tratadas como tal. Não basta obrigar a pessoa a comer um pão. 

Em relação ao livro em si, a história se encaminha para obviedade e para o fim que você se espera. Então, não são as reviravoltas que impressionam (até porque nem há), mas o diário, o relato de uma menina com sérios problemas. 

Como livro, apesar de não ser nada surpreendente, recomendo Garotas de Vidro pelo tema. 

A obra é da Novo Conceito e contém 269 páginas. 

Testado por Rafaela

3 comentários:

  1. Acho o tema interessante, porque as meninas ficam loucas para emagrecer sem pensar nas consequências e acabam ficando doentes. Quanto mais se falar e escrever sobre o assunto, melhor. Vou ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um tema bem interessante e atual. Acho que não dão a devida atenção que merece e precisa.

      Excluir
  2. Tô doida pra ler. Assim q terminar o q eu estou lendo, vou começar ele.

    ResponderExcluir