12 de abril de 2013

Livro Lua de Mel – James Patterson


Recebemos da Arqueiro o livro Lua de Mel, de James Patterson em parceria com Howard Roughan.

Essa colaboração conta a história de Nora Sinclair, decoradora bem-sucedida, linda e sexy que tem um noivo apaixonado que teme esforços para agradá-la. Com tudo para ter uma vida perfeita pela frente, seu futuro marido morre de repente. Mas não é a primeira vez que isso acontece com Nora. Seu primeiro marido também morreu.

Essa repetição trágica coloca a polícia em alerta e faz com que John O’Hara, agente do FBI inteligente e com todo um charme especial, seja o tipo certo para desvendar o mistério em torno de Nora. Mas é claro que ele também se sente envolvido pela mulher misteriosa.

Logo de cara, a gente percebe que Nora Sinclair é muito ambiciosa e que não mede esforços para conseguir o que quer: dinheiro e luxo. Sua maneira de agir e de envolver as pessoas permite que ela faça o que quer sem que ninguém desconfie de suas intenções. Assim, até o experiente O’Hara, mesmo sabendo da fama da moça, cai em tentação e se envolve com ela.

Acontecimentos soltos vão surgindo aleatoriamente para se juntarem no fim do livro. Apesar de ser um romance policial, com descrições – superficiais – de cenas de morte, a leitura é fácil e rápida. Acho que terminei o livro em três dias. O número de página também ajudou, são 213.

Lua de Mel pode não ser uma grande obra da literatura, nem entrar por hall dos melhores livros policiais, mas é muito bom e reúne tudo que a gente gosta num livro desse estilo: mistério, morte, surpresa, apesar de não ter grandes reviravoltas.

Enfim, recomendo Lua de Mel para quem deseja uma leitura descompromissada e rápida.

Atualização: eu esqueci de mencionar que esse é o primeiro de uma série de livros também chamada Lua de Mel. E uma coisa que ficou martelando na minha cabeça, mas não comentei no texto acima, pois achei que falaria demais. Pensei de novo e acho que não entrego nada. rs Pois bem, o final do livro é um pouco decepcionante por não revelar o principal motivo da história. Espero que seja pela continuação da série. Outra coisa é o fato de as pontas se amarrarem muito rápido, num jeito meio simples e fácil demais. Bem, vamos ver o que nos espera.

Testado por Rafaela

2 comentários:

  1. Oi!!! será que vc pode me adiantar uma coisinha: afinal, era ela quem matava os maridos, por que se for eu já desisto de ler...hehe..dai fica muito na "cara" néh.. bjs!!!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo, manda e-mail para testeipravoce@gmail.com ou fala com a gente por msg no Facebook que eu conto pra você. Não vou falar por aqui pra não estragar a surpresa para outros. hahaha

    ResponderExcluir