5 de abril de 2013

Livro Psíquico – Edson Gomes

Por indicação da Carolina (dona do blog Entre Livros), li o livro Psíquico, de Edson Gomes. Ele conta a história de Rafael Duarte, funcionário de uma empresa de contabilidade que leva uma vida comum, sem grande emoção, que se descobre (de maneira inusitada) médium. Um poderoso médium. E sua missão é ajudar a passagem do espírito de Guilherme, morto num acidente de carro muito suspeito. E, para isso, ele conta com ajuda de pessoas muito especiais.

Não sei se eu estou muito acostumada com livros policiais, de suspense, nos quais o autor não nos dá muita informação, mas achei que o autor quis deixar todo mundo por dentro de tudo, explicando nos mínimos detalhes coisas corriqueiras; por exemplo, o barulho de uma sirene dos Bombeiros. Eu sei que é uma implicância boba, que não afeta o rumo da história, mas não pude deixar de sinalizar, pois há outros leitores que gostam de obras no estilo “curtas e grossas”, que deixam a imaginação do leitor voar mais. 

A história em si é bem interessante. Com o acidente de carro como pano de fundo e seus desdobramentos e motivações, Psíquico mostra que fazer o bem, ser um bom cidadão, ter um coração puro, tem recompensas incalculáveis. Que, por mais que seja “vantajoso” tirar proveito das situações, toda a maldade, a ganância exagerada, que você pratica pode voltar contra você.

Quem não acredita, acha uma bobagem ou tem medo de espiritismo pode ficar incomodado. Como não sou dessa religião, poderia até pensar “nossa, mas essa situação é muito inverossímil”, mas não é nada tão absurdo, tem um floreamento, sim, mas trata-se de ficção e não de um documentário, devemos lembrar.

Antes de escrever os posts, sempre procuro ler sobre a empresa, autor, editora etc. para trazer informações completas. Pude perceber que a Dracaena, editora que publicou o livro, é pequena e independente, principalmente se comparada às tradicionais, apesar de acreditar que eles fazem um trabalho sério, talvez a falta de uma grande estrutura tenha consequências no resultado final das oublicações, pois há erros sérios tanto de pontuação e ortografia com de aplicação de locução adverbial etc. Não compromete o entendimento do texto, mas incomoda. 

Enfim, é um bom livro, gostei do enredo e lerei um próximo livro de Edson Gomes.

Testado por Rafaela

2 comentários:

  1. Ai, eu acho que erros muito graves de português influenciam a qualidade do livro. Chega um momento em que vc apenas presta atenção neles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, foi isso que aconteceu comigo. rs

      Excluir