6 de dezembro de 2013

Livro O Inocente – Harlan Coben

Estava meio cansada do Harlan Coben (com pude? rs), mas não pude deixar de passar a oportunidade de receber da editora Arqueiro o lançamento O inocente. Ainda bem que pedi! O livro é um policial bem interessante, daqueles que você não pode desprezar nenhuma informação, por mais irrelevante que pareça.

A sinopse diz assim: 

Aos 20 anos, Matt Hunter vive uma noite de horror que ficará para sempre gravada em sua memória. Durante uma festa, ao tentar apartar uma briga, ele mata uma pessoa acidentalmente e é considerado culpado pelo júri. Agora, nove anos depois de ser libertado da prisão, tudo parece ter entrado nos eixos: Olivia, sua esposa, está grávida e os dois estão prestes a comprar uma casa na cidade natal dele. Mas a ilusão acaba quando Matt recebe um vídeo chocante e inexplicável que começa a despedaçar sua vida pela segunda vez. Para piorar, ele começa a ser seguido por um homem misterioso. Em pouco tempo, o perseguidor é encontrado morto e uma freira querida por todos também é assassinada. Quando as pistas apontam para Matt, ele e Olivia são forçados a desafiar a lei em uma tentativa desesperada de salvar seu futuro juntos. O inocente é um thriller vertiginoso, carregado de emoções. Além disso, é um relato contundente sobre as escolhas que às vezes somos obrigados a fazer e as dramáticas repercussões que teimam em não nos abandonar. 

Conexões estranhas, histórias do passado, quem parecia ser inocente não é tanto assim. Enfim, contradições e remendos que a gente vai colando e tentando dar um sentido na história. Vão surgindo várias possibilidades e algumas acabam por confundir. O final é realmente, surpreendente. Eu, pelo menos, não tinha pensado na possibilidade.

Resumindo, é um policial muito bom, bem Harlan Coben de ser. Adorei e recomendo!

Testado por Rafaela

10 comentários:

  1. Lendo assim me dá vontade de sentar, ler e só levantar quando acabar. Mas acho que leio tanto romance que desacostumei com livros policiais, vou achar demorado demais e querer que acabe logo sem ter que desvendar muito. Agora, não nego que o autor é bom. Até agora não li críticas sobre ele. Beijos, Rafa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carol. Eu dei uma parada nos policiais (principalmente dos do Harlan Coben) justamente para dar uma mudada, pra não ficar presa a um estilo.

      Tenta um policial leve e vai com tudo! rs

      bjos

      Excluir
  2. Oi, Rafa!!!

    Suspense bom é aquele que surpreende no final. E esse parecer ser um daqueles perfeitos. Parecer ser bem legal e imprevisível o final. Estou gostando de livros assim.

    XOXO
    Mia Duarte - Hora da Colunista do Entre Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mia!

      Adoro livros assim. Esse é superleve, leitura tranquila, com um final com boas reviravoltas. ;)

      Beijos!

      Excluir
  3. Achei a história muito interessante, não sou muito de ler livros policiais, mas, esse estou querendo ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode dar uma chance a esse, Denize. ;)

      Excluir
  4. Gostei muito da descrição, me interessei, nunca mais achei um livro policial tão bom depois de ler toda a coletânea de Dan Brown, desde fortaleza digital até inferno, vou fazer o pedido de O Inocente pela Saira ainda está semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sou muito fã do estilo de Dan Brown, Joel. Você já leu Manuscritos do Mar Morto, do Adam Blake? Fiz resenha dele aqui ( http://testeipravoce.blogspot.com.br/2013/11/livro-manuscritos-do-mar-morto-adam.html ), pode ser que você se interesse. Faz a linha de O código da Vinci.

      Excluir
    2. Sabe Rafaela, meio que procuro evitar o mesmo estilo do Dan Brown, para evitar possíveis comparações, esse me pareceu exelente, está na lista de leitura 2014, só não fiz o pedido porque acho chato fazer comprar na internet neste periodo kkk

      Excluir
    3. Realmente, é tenso comprar por agora. Mas quando ler, conte pra gente o que achou. ;)

      Excluir