26 de março de 2014

Livro Quando era Joe – Karen David

Primeiro livro da série de mesmo nome, Quando era Joe conta a história do adolescente do título. Joe presencia um assassinato que envolvia membros de uma máfia dos subúrbios de Londres. 

Sendo a única testemunha do crime, o rapaz é posto no programa de proteção da polícia e é forçado a se mudar, trocar de nome e de aparência com sua mãe.

Apesar de tudo, sua nova identidade traz uma nova perspectiva para o seu dia a dia, já que era um rapaz impopular, tendo como o único amigo um dos envolvidos no assassinato.

Apesar de ser classificado como um livro juvenil (inclusive a autora Karen David rascunhou o argumento numa aula de redação para jovens e adolescentes), Quando eu era Joe não é bobinho. Claro que há as inseguranças e questões típicas dessa faixa de idade, mas é um bom retrato de como deve ser a vida de uma testemunha. Ela vive uma vida tão presa e de fuga como o acusado/suspeito. Mudar toda sua história, sua rotina, tudo, de uma hora para outra deve ser mais do que complicado.

Além disso, a narrativa é fácil e flui bem, não cansando. Os personagens secundários também são bem interessantes, e a interação com os protagonistas rende boas histórias.

Mesmo tendo um tema um pouco mais denso, o primeiro livro é bem tranquilo e uma ótima.

Estou à espera do segundo volume.

Testado por Rafaela

Recebemos esse livro da Novo Conceito pelo nosso parceiro Entre Livros.

4 comentários:

  1. Gostei, pela narrativa do Testei, mostra que a história é bem interessante. Boa dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei surpresa positivamente com esse livro, Denize.

      Excluir
  2. Parece ser bem bacana, mas sabe que esse livro não me chamou a atenção? Quem sabe eu dê uma chance ao Joe mais pra frente. Beijocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei interessada pelo tema proteção à testemunha. Depois, acabei gostando do texto. Não é uma obra-prima, mas é um bom passatempo.

      Excluir