11 de novembro de 2015

Livro Mulheres em ebulição – Dra. Julie Holland

Sinopse
Baseado em estudos e pesquisas científicas, Mulheres em ebulição faz um raio X da vida e da saúde da mulher, abordando temas como TPM, sexualidade, casamento, envelhecimento, menopausa, anticoncepcionais, reposição hormonal, relação entre comida e humor, importância do sono, terapias naturais e depressão. Especializada em psicofarmacologia e com mais de 20 anos de experiência clínica, Dra. Julie Holland afirma que a variação de humor que toda mulher vive – um dia cheia de energia, o outro se sentindo a pior das mortais – é uma característica feminina básica que não deve ser anulada com remédios nem encarada como um problema a ser resolvido. A autora analisa a fundo esta questão e discute os prós e contras do uso de medicamentos, mostrando quando eles são indicados e quando só pioram a situação. Além disso, ela traz informações detalhadas sobre como os hormônios influenciam nossas decisões, nosso comportamento e nossos relacionamentos. A variação de humor é um indicador poderoso de quem somos e do que queremos. Quando anulamos nossa emotividade, abrimos mão de uma parte importante de nós mesmas. E quando aprendemos a compreendê-la, podemos fazer dessa aparente fragilidade a maior fonte de nossa força.


Quantas vezes já não se ouviu as frases “Mulher é um bicho complicado”, “Tá histérica”, “Tá de TPM?”. Por conta dessas frases e da necessidade de serem fortes, “pensarem iguais aos homens”, “deixar de frescuras”, as mulheres têm recorrido cada vez mais a remédios que controlem o humor, médicos receitam antidepressivos, quando, muitas das vezes, essas reações estão entranhadas na composição daquela mulher.

Saber reconhecer essas características, as fases críticas durante a vida e mostrar quando realmente é necessário o uso de medicamentos são os objetivos da doutora Julie Holland com o livro Mulheres em ebulição.

Com anos de prática clínica e sempre se aprofundando nos estudos, Dra. Holland traz de seu consultório e suas experiências estudos, conselhos e, o que achei mais importante, que certos comportamentos são da natureza feminina e completamente necessários para que a mulher consiga viver bem, se destacar no trabalho, ter uma vida mais plena... 

Às vezes, uma sensibilidade exacerbada ajuda na percepção de problemas na vida familiar ou no ambiente de trabalho. Ser mais introspectiva em alguma fase da vida não é ruim (tomando o cuidado de não negligenciar um problema real e sério). 

Enfim, essa modernidade que exige que a mulher seja forte, pare de frescura, que não demonstre suas emoções muitas vezes leve as mulheres a procurarem remédios fortes indicados para outros tipos de problema até.

Com uma linguagem simples, sendo didática e não chata, Julie Holland traz muitas respostas e alívio em Mulheres em ebulição, que recebemos da editora Sextante.

Título
Mulheres em ebulição
Título Original
Moody bitches
Autora
Julie Holland
Editora
Sextante
Páginas
240

Testado por Rafaela

2 comentários:

  1. Adorei o tema. Muitas vezes nos sentimentos culpadas por certos momentos de fragilidade e outros sentimentos.Vou ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. E, na maioria das vezes, é de nossa natureza, não estamos loucas ou desequilibradas.

      Bjos

      Excluir