16 de novembro de 2016

Livro Depois daquela montanha – Charles Martin

Sinopse
O Dr. Ben Payne acordou na neve. Flocos sobre os cílios. Vento cortante na pele. Dor aguda nas costelas toda vez que respirava fundo.
Teve flashes do que havia acontecido. Luzes piscavam no painel do avião. Ele estava conversando com o piloto. O piloto. Ataque cardíaco, sem dúvida.
Mas havia uma mulher também – Ashley, ele se lembra. Encontrou-a. Ombro deslocado. Perna quebrada.
Agora eles estão sozinhos, isolados a quase 3.500 metros de altitude, numa extensa área de floresta coberta por quilômetros de neve. Como sair dali e, ainda mais complicado, como tirar Ashley daquele lugar sem agravar seu estado? À medida que os dias passam, porém, vai ficando claro que, se Ben cuida das feridas físicas de Ashley, é ela quem revigora o coração dele. Cada vez mais um se torna o grande apoio e a maior motivação do outro. E, se há dúvidas de que possam sobreviver, uma certeza eles têm: nada jamais será igual em suas vidas.

Imagine sobreviver a um acidente de avião. Agora imagine ser sobrevivente em montanha coberta de gelo e seriamente ferido. Era assim que estavam Ben e Ashley, dois estranhos que dividiram carona num avião particular pilotado por um homem que sofreu um ataque cardíaco, mas que conseguiu pousar a aeronave em segurança. 

Em Depois daquela montanha, de Charles Martin, que recebemos da editora Arqueiro, Ashley e Ben têm a missão de suas vidas. Precisam sobreviver, precisam se descobrir, precisam se apoiar um no outro para tentar sair da montanha.

O livro é narrado por Ben, um médico ortopedista, que repensa seu relacionamento enquanto ajuda Ashley – seriamente machucada – e tenta desesperadamente tirar os dois da montanha.

Pelos capítulos, além da interação entre os dois, que é o melhor do livro para mim, a parte prática também é bem interessante. A parte prática que eu digo é procurar por comida, escavar no gelo, procurar por ajuda, enfim, as questões de sobrevivência em si. A angústia dos dois em saber se conseguirão sair de lá vivos acompanha o leitor. Principalmente, a angústia de Bem, por ele ser o narrador e por dar a perspectiva mais real.

Os momentos de maior queda no ritmo, para mim, são as lembranças de Bem sobre seu relacionamento, pois cortam um pouco a narrativa, inclusive em nos ápices do capítulo.

Mas, no geral, gostei bastante de Depois daquela montanha, pois penso em o que faria se tivesse no lugar deles, os momentos de desespero, desânimo e também de esperança. Apesar de tudo, é um texto relativamente leve, que aposta num dramalhão e nem numa angústia tão insuportável. Acredito que o autor até poderia pesar mais um pouco a mão na área do suspense, mas acho que o mote do livro não é esse. É mais fazer pensar em suas decisões para se descobrir o que é mais importante em sua vida.

Título
Depois daquela montanha
Título original
The mountain between us
Autor
Charles Martin
Editora
Arqueiro
Páginas
304

O livro está sendo adaptado para o cinema com previsão de lançamento para 2017 com Kate Winslet (de Titanic) e Idris Elba (de Mandela) nos papéis principais.


Postado por Rafaela

0 comentários:

Postar um comentário